analise-de-credito-saiba-como-reduzir-o-risco-de-inadimplencia

Análise de crédito: saiba como reduzir o risco de inadimplência

15 de setembro de 2015

A venda parcelada é uma das formas mais comuns e utilizadas pelos consumidores. Para o comércio, ela é importante porque possibilita alavancar as vendas.

Apesar de atrativa, a concessão de crédito deve ocorrer com muita cautela. Na mesma proporção em que a concessão de crédito aumenta, a inadimplência é um problema que também cresce.

Dessa forma, as empresas necessitam organizar um procedimento interno com uma rigorosa análise cadastral e documental antes de promover a venda a crédito. Essa análise é imprescindível pois, identifica riscos e o potencial de cumprimento da obrigação.

Algumas recomendações facilitam a redução do risco de inadimplência. Confira:

  1. Exigir a apresentação de documentos pessoais (RG e CPF) e comprovante de renda e residência: essa análise deve ser absolutamente criteriosa, identificando se os documentos apresentados são mesmo do comprador, anexando cópia de toda essa documentação no cadastro do cliente;
  2. Consultar os órgãos de proteção ao crédito: essa ferramenta é imprescindível em qualquer ramo comercial, pois apresenta informações atualizadas sobre o consumidor. A consulta não pode ser esquecida no momento da venda a prazo;
  3. Emitir o documento fiscal da venda: a venda sem a emissão da nota fiscal é considerada ilegal, além de ser uma importante prova da relação comercial;
  4. Anexar ao cadastro do cliente todos os documentos relacionados à venda.

A empresa pode adotar outras exigências em sua rotina, dependendo do ramo de negócio que atua.

Em caso de pessoa jurídica e, se tratando de operações com valores mais expressivos, além das exigências acima, recomenda-se consultar a situação cadastral no site da Receita Federal. Além disso, cabe analisar o contrato social e a existência de inscrições nos órgãos de proteção ao crédito em nome dos sócios.

Esses cuidados são simples e, além de reduzirem o risco de uma inadimplência do consumidor, trazem ao empresário maior segurança em caso de uma cobrança judicial. Nessa situação, é preciso demonstrar a relação comercial existente entre as partes e que ela ocorreu de forma regular e legal.

Sem dúvidas, a análise de credito reduz o risco da inadimplência; e vai além: minimiza a drástica consequência que isso tudo pode causar: a quebra da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *